Maggi quer norte do MT com status de área livre de aftosa

Brasília, 21 - O governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, encontrou-se hoje com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, para pedir que o ministro interceda pela liberação da região norte do Mato Grosso como área livre de febre aftosa sem vacinação. Atualmente, a região é considerada zona tampão, por fazer divisa com o sul do Pará, área proibida de exportar para a União Européia (UE).Maggi afirmou que depois que o Pará foi classificado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como área livre de aftosa com vacinação, não há mais razão para que a região norte do Mato Grosso seja considera zona tampão. Segundo ele, o ministro deve ir à Bruxelas e deve incluir o assunto em sua pauta durante o encontro com os europeus.Outro assunto tratado neste primeiro encontro de Maggi com o ministro da Agricultura foi a reabilitação do frigorífico Intercoop, de Nova Mutum, que teve embargadas as vendas de carne suína para a Rússia no final de maio, por conta de problemas nos certificados de exportação. Segundo o governador, a liberação deve ocorrer em breve. Já na próxima terça-feira, o secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, irá ao Mato Grosso, para fazer uma vistoria na região. O Intercoop tem uma capacidade de abate de 3 mil animais por dia e 90% da exportação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.