Maior acordo do setor elétrico do mundo é fechado

A maior aquisição já feita no mundode uma companhia de energia elétrica foi fechada nestasexta-feira, depois que a alemã E.ON concordou finalmente sobreo preço com os donos da espanhola Endesa . Dois anos e meio após a primeira oferta pela geradoraespanhola de energia, a E.ON afirmou nesta sexta-feira que seusconselhos aprovaram investimento de 11,8 bilhões de euros (18,6bilhões de dólares) para comprar parte da Endesa.O acordo vale para os ativos da Endesa na Europa. A Endesa Brasil, holding criada em 2005, controla no paísas distribuidoras Ampla (Rio de Janeiro) e Coelce (Ceará), ageradora hidrelétrica Endesa Cachoeira (Goiás) e as térmicasEndesa Fortaleza (Ceará) e a Endesa Cien (Rio Grande do Sul). A E.ON, maior empresa de serviço público do mundo, pagará8,9 bilhões de euros pelos ativos na Espanha, Itália, Polônia eTurquia e assumirá 2,9 bilhões de euros em dívidas, contra umvalor inicial total de cerca de 10 bilhões de euros. "Nossos novos acionistas já farão uma contribuiçãosignificativa em nossos resultados este ano", confirmou e E.ONem comunicado. (Reportagem de Peter Dinkloh)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.