Maior rebocador construído no Brasil é batizado no RJ

O maior rebocador já construído no Brasil acaba de ser batizado no estaleiro STX OSV, em Niterói. O "Scandi Iguaçu" foi encomendado ao estaleiro pelo grupo norueguês DOF-ASA. O Scandi Iguaçu integra uma nova geração de rebocadores com motor superpotente para operar em águas profundas, em variadas condições ambientais.

SERGIO TORRES, Agencia Estado

19 de abril de 2012 | 14h51

O DOF ASA não divulgou o custo da embarcação, mas informou que, nos próximos dois anos, pretende investir US$ 500 milhões no setor naval brasileiro. Desde 2001 no Brasil, o grupo já investiu mais de US$ 1 bilhão na construção e operação de navios destinados a atuar na indústria de óleo e gás. Além da Petrobras, o grupo tem como clientes as petroleiras Statoil, Shell, Chevron e OGX.

A frota da empresa é composta por 28 barcos de várias modalidades, dos quais 24 já em operação, três em construção e, agora, o megarebocador.

Tudo o que sabemos sobre:
rebocadorbatismoRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.