Divulgação
Divulgação

Maior TV do mundo tem 370 polegadas e custa R$ 4 milhões

Empresa britânica anuncia a chegada da TV de 9 metros de largura e cinco de altura que pesa uma tonelada

Economia & Negócios

11 de junho de 2014 | 10h54

SÃO PAULO - Zeus, o maior aparelho de televisão do mundo, tem 370 polegadas e custa US$ 1,7 milhão, o equivalente a quase R$ 4 milhões.

Antes do seu lançamento, a maior TV no mundo até hoje era da fabricante japonesa Panasonic, com de 152 polegadas, mas agora a marca inglesa Zeus promete mais que o dobro do tamanho em alta definição dupla.

A tela da maior TV do multo tem 9 metros de largura por cinco de altura. A resolução é de 3840 por 2160 pixels. O preço do aparelho inclui planejamento arquitetônico para o ambiente onde ele será instalado.

A tela grande permite que os telespectadores possam ver até 20 canais ao mesmo tempo, na opção painel. Entre as inovações, a TV tem uma tela reage à luz ambiente e se adapta à melhor qualidade possível, ajustando brilho e qualidade das cores.

Com a Zeus, os espectadores podem assistir a uma partida da Copa do Mundo vendo os jogadores em tamanho real e com alta definição.

A tela mostra 65 bilhões de cores, pesa quase uma tonelada e pode ser controlada através de gestos, ou seja, o espectador pode mudar o canal com uma piscada. A TV  pesa quase uma tonelada.

Apenas quatro telas de Zeus foram produzidas, e os dois primeiros já foram adquiridos. Um dos compradores seria um milionário britânico do setor de mídia. O outro é um hotel à beira-mar, em Cannes.

Anthony Ganjou, executivo-chefe da Titan, que fabrica a marca Zeus, explicou que a empresa reuniu os melhores tecnólogos de telas da Inglaterra para desenvolver o novo modelo. "Não é apenas a maior, mas a mais extraordinária jamais concebida", afirmou o executivo.

Tudo o que sabemos sobre:
TelevisãoTVtecnologia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.