Mais de 1.400 pessoas acompanham transmissão online da rodada de licitações

Aproximadamente 50 manifestantes estão localizados na frente do hotel Royal Tulip, no Rio de Janeiro, onde acontece a rodada de licitações 

Fernanda Nunes, Mônica Ciarelli e Sabrina Valle, da Agência Estado,

14 de maio de 2013 | 10h30

SÃO PAULO - Além das mais de 700 pessoas que acompanham a 11ª Rodada de Licitações direto do hotel Royal Tulip, no Rio de Janeiro, a transmissão do leilão pela internet é assistida neste momento por mais de 1.400 pessoas, conforme medição eletrônica divulgada na própria página da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Aproximadamente 50 manifestantes estão localizados na frente do hotel Royal Tulip, no Rio de Janeiro, onde acontece a rodada de licitações. "Estão querendo privatizar o petróleo brasileiro", afirmam os manifestantes, liderados por sindicatos de petroleiros e pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

A manifestação, no entanto, não atrapalha a realização da rodada, iniciada há pouco. Os executivos que participarão da concorrência já estão no salão onde serão feitas as ofertas e a entrada e saída do hotel ocorre com tranquilidade.

 

Tudo o que sabemos sobre:
ANPPetróleoleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.