Mantega sinaliza redução na taxa de juros rural

Brasília, 20 - O Ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje que os juros do crédito rural, hoje em 8,75% ao, "certamente", serão reduzidos. Ele lembrou, no entanto, que o assunto ainda está em estudo na área técnica do governo. Segundo o ministro, a queda da taxa tem sido reivindicada pelos produtores, que alegam um corte na Selic de 25% para 12% durante o governo Lula, e que não haveria motivos para não reduzir.A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) já encaminhou proposta para o governo solicitando uma redução nos juros do setor para 4,5%, fato que não acontece há dez anos. Para evitar que uma situação semelhante volte a acontecer, a entidade sugere que seja criado um mecanismo para que a taxa de juros do crédito agrícola oscile de acordo com o movimento da taxa Selic. "Estamos pedindo um corte proporcional para os juros rurais, mas é necessário criar uma ferramenta que evite cortes tão grande de uma só vez", disse Ricardo Cotta, superintendente técnico da CNA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.