Marina espera que Senado aprove proposta sobre transgênicos

Brasília, 21 - A ministra de Meio Ambiente, Marina Silva, disse hoje, ao participar da solenidade do Dia da Árvore, no Jardim Botânico de Brasília, que ainda não foi procurada por nenhum representante do Palácio do Planalto para discutir a possibilidade de edição de uma medida provisória liberando o plantio de soja transgênica. "Ninguém ainda conversou comigo sobre isso", afirmou. "Estou trabalhando com a perspectiva de aprovação no Congresso da proposta", disse. Ela reconheceu, no entanto, que "de fato se criou uma situação complicada", referindo-se ao fato de o Senado não ter votado na semana passada o projeto da Biossegurança. Marina observou que os produtores precisam iniciar o plantio até o dia 15 do próximo mês. A ministra disse que há divergências em relação a alguns pontos da proposta, como as atribuições da CTNBio.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2004 | 13h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.