Mattel faz recall de brinquedos que inclui Brasil

A fabricante de brinquedos Mattelanunciou um recall de milhões de produtos nesta terça-feiradevido ao risco de pequenos e potentes ímãs e por causa dechumbo na pintura. A convocação inclui produtos vendidos noBrasil. Os brinquedos chamados para troca incluem cerca de 7,3milhões de Polly Pocket, Batman Magna, Doggie Daycare e ShonenJump''s One Piece que contêm pequenos ímãs. Por volta de 683 mil bonecas Barbie foram incluídas norecall por causa do risco de um ímã e cerca de 253 mil carrosde brinquedo Pixar Sarge com chumbo na pintura também foramchamados para a inspeção. No Brasil, os itens que são afetados pelo recall são os dalinha Polly com ímãs aparentes, a pá do conjunto Barbie, ocachorro Tanner e um sortimento de figuras magnéticas doBatman, de acordo com a empresa. O Pixar Sarge da linha decarros vendido no Brasil, segundo a Mattel local, não foiatingido, uma vez que o lote de produtos com excesso de chumbona pintura não foi comercializado no país. A empresa informa que não há registro de dano à saúdecausado pelos brinquedos, "exceto três casos divulgados emnovembro de 2006". Alguns dos produtos com imãs já passaram porrecall em novembro passado. De lá para cá, a Mattel realizou revisão nos produtos eavaliou de diversas maneiras em quais situações reais os ímãspoderiam eventualmente se soltar. Como resultado, decidiuestender o recall anterior. No Brasil, entre 2002 e 2007, foram comercializadas cercade 850 mil unidades dos produtos que fazem parte da troca.Segundo a empresa, os pontos-de-venda estão sendo notificadospara que suspendam a comercialização e retornem esses produtosà Mattel.

REUTERS

14 de agosto de 2007 | 14h03

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSEMPRESASMATTELRECALLA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.