Mercado de aço da China ainda está pressionado, diz Baosteel

A Baosteel informou nesta quarta-feira que espera que o mercado chinês de aço continue sob uma relativamente pesada pressão, sem recuperação fundamental na demanda dos principais setores consumidores. "As encomendas da companhia melhoraram recentemente em comparação com o último trimestre, mas elas ainda estão significativamente menores que um ano antes", informou a companhia em resposta a questionamentos da Reuters. O grupo siderúrgico informou que o atraso de três meses na retomada do alto-forno 1, que estava fechado até meados de novembro para manutenção e retomou produção em fevereiro, reduziu a produção de ferro gusa em cerca de 1 milhão de toneladas.

REUTERS

25 de fevereiro de 2009 | 07h14

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIACHINAMERCADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.