Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mercados sobem nos EUA por otimismo com nova ação do governo

Os principais índices do mercado acionário norte-americano encerraram a quinta-feira em leve alta, impulsionados pelo otimismo com o governo que deve agir para prevenir uma recessão ao longo do ano, contrabalançando notícias de que o Bank of America estava à procura de mais ajuda do governo, o que alimentou preocupações com a saúde do setor financeiro. Wall Street fechou em alta, recuperando-se de perdas iniciais, com investidores apostando que o setor de tecnologia deve ser o mais beneficiado do plano de infraestrutura. Já as ações do Bank of America e do Citigroup foram prejudicadas pelos temores de que bancos possam precisar de mais planos de socorro do governo para ajudar a conter as perdas do setor de crédito. Os papéis do Bank of America despencaram mais de 18 por cento, enquanto as ações do Citigroup perderam mais de 15 por cento. "Todas as más notícias estão pressionando Washington a repassar outro pacote de estímulos assim que possível e talvez isso tenha estimulado algum otimismo", disse Hugh Johnson, chefe de investimento do escritório da Johnson Illington Advisors, em Nova York. O índice Dow Jones ganhou 0,15 por cento, para 8.212 pontos. O Standard & Poor's 500 subiu 0,13 por cento, a 843 pontos, e o Nasdaq avançou 1,49 por cento, a 1.511 pontos. O volume de negócios na NYSE, 1,65 bilhões de ações, ficou abaixo da média diária de 1,9 bilhões prevista no último ano, enquanto na Nasdaq houve cerca de 2,5 bilhões de ações negociadas, acima da estimativa de 2,17 bilhões de ações do ano passado.

LEAH SCHNURR, REUTERS

15 de janeiro de 2009 | 20h50

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.