Mercedes-Benz libera recorde de crédito em dezembro

O Banco Mercedes-Benz teve em dezembro de 2010 o melhor mês da sua história no Brasil. Somente no período foram financiados R$ 383,7 milhões, crescimento de 29% ante o mesmo mês de 2009 e o maior volume já liberado em um único mês pela instituição.

AE, Agencia Estado

26 de janeiro de 2011 | 18h17

Com este resultado, os recursos liberados no crédito no ano inteiro atingiram a marca de R$ 3,4 bilhões, um acréscimo de 13% em comparação com 2009. Em unidades, o crescimento foi de 10%, com 18.906 veículos Mercedes-Benz novos financiados de janeiro a dezembro. Do total financiado em 2010, 66% foram caminhões; 22% foram ônibus; 8%, vans Sprinter; 4%, automóveis Mercedes-Benz e Smart.

A carteira do Mercedes-Benz fechou 2010 com saldo de R$ 6,9 bilhões, volume 19% superior ao registrado no ano anterior.

Considerando os dados de dezembro e a comparação com o mesmo mês de 2009, o CDC (Crédito Direto ao Consumidor) foi o produto com maior crescimento, 461%. Foram liberados R$ 117,9 milhões por meio desta modalidade. Com este resultado, o CDC foi responsável por 31% dos novos negócios. O BNDES Finame manteve-se como o produto mais procurado, com participação de 69% do total de financiamentos fechados em dezembro de 2010. Foram negociados R$ 265,7 milhões, praticamente o mesmo nível de dezembro do ano anterior.

Já no acumulado de janeiro a dezembro de 2010, o BNDES Finame respondeu por 83% dos financiamentos do Banco Mercedes-Benz, o CDC foi responsável por 14% dos novos negócios e o Leasing, por 3%. No ano, as operações de leasing tiveram queda de 80%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.