Mercedes Benz voltará a produzir caminhão na Argentina

Empresa investiu US$ 13,25 milhões para a nova linha de produção, que implicará na substituição de US$ 300 milhões em importados 

Ariel Palacios, correspondente de O Estado de S.Paulo,

21 de dezembro de 2010 | 18h18

Depois de uma prolongada pausa de quinze anos a Mercedes Benz voltará a produzir caminhões na Argentina a partir de maio de 2011. O anúncio foi realizado por Roland Zey, presidente da empresa no país. Zey indicou que o novo produto montado pela Mercedes Benz na Argentina será o "Frontal 1720", um caminhão semi-pesado. As estimativas da empresa indicam uma produção de mil unidades anuais.

A retomada da produção da empresa no país conta com o respaldo do governo da presidente Cristina Kirchner, que criou o "Plano de renovação da frota do transporte de caminhões de carga". Porta-vozes da empresa - que investiu US$ 13,25 milhões para a nova linha de produção - ressaltaram que a nova montagem dos caminhões implicará na substituição de US$ 300 milhões em importados.

Segundo a ministra da Indústria, Débora Giorgi, "o fato de que uma companhia de liderança mundial como a Mercedes Benz decida voltar a fabricar na Argentina é um dado categórico da confiança que a Argentina está gerando na área dos grandes investimentos". A ministra destacou que o mercado argentino é "demandante" e está em meio a um "crescimento sustentado".

Tudo o que sabemos sobre:
Mercedes BenzcaminhãoArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.