Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Merkel diz que Alemanha dará suporte para Grécia se estabilizar

'Em tudo o que fazemos, seguimos o conselho da troica', disse Merkel em uma entrevista à imprensa antes de uma reunião com Papandreou. 'Nós queremos uma Grécia forte na zona do euro.'

Agência Estado,

27 de setembro de 2011 | 17h23

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, disseram que estão comprometidos em cumprir as propostas da troica para estabilizar a economia grega e resolver a crise da dívida do país. A troica é formada pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Em tudo o que fazemos, seguimos o conselho da troica", disse Merkel em uma entrevista à imprensa antes de uma reunião com Papandreou. "Nós queremos uma Grécia forte na zona do euro."

Merkel, que enfrenta na quinta-feira uma votação crucial no Parlamento alemão sobre a expansão da Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês), disse que a Alemanha está preparada para dar à Grécia "toda a assistência" para que o país estabilize sua economia. Ela também afirmou que é responsabilidade da Grécia realizar as políticas fiscais e as reformas estruturais recomendadas pela troica.

Papandreou, por sua vez, disse que o país está preparado para enfrentar os desafios. "Nós estamos comprometidos em fazer o que nos levará de volta à estabilidade", afirmou. "A Grécia vai cumprir todas as suas responsabilidades."

As informações são da Dow Jones. (Renan Carreira)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.