Mesmo com Fitch, Bovespa tem maior queda em maio

A confirma??o do evento maisaguardado das ?ltimas semanas, a eleva??o do rating soberano doBrasil para a faixa considerada de baixo risco de cr?dito pelaFitch, n?o comoveu os investidores da Bolsa de Valores de S?oPaulo, que fechou com a maior queda de maio. Embora tenha chegado a reverter para cima logo ap?s anot?cia, o Ibovespa retomou a trajet?ria negativa, fechando combaixa de 1,85 por cento, para 71.797 pontos. Mas a volatilidadeturbinou o giro financeiro para 8,36 bilh?es de reais. Desde 30 de abril, quando a Standard & Poor's foi aprimeira das ag?ncias internacionais de classifica??o de riscoa elevar o pa?s a grau de investimento, o ?ndice acumulouvaloriza??o de 14,6 por cento. Segundo Maur?cio Oreng, analista da Ita? Corretora, partedesse movimento j? embutia a expectativa de que outrasinstitui??es fariam o mesmo. Na quarta-feira, acreditando que adecis?o da Fitch era iminente, os investidores voltaram acomprar a??es, levando o Ibovespa a subir 3,04 por cento, namaior alta no m?s. "A decis?o j? estava amplamente precificada", disse Oreng. N?o bastasse isso, fortes quedas nas cota??es decommodities detonaram ordens de vendas maci?as de vendas dasa??es de algumas das empresas mais importantes do ?ndice, comoPetrobras e Vale. As a??es preferenciais da primeira ru?ram 3,24 por cento, a49,34 reais, na cola da cota??o do barril do petr?leo em NovaYork, que caiu 3,45 por cento. O mesmo racioc?nio levou as a??es preferenciais da Vale adesabarem 4,3 por cento, para 53,40 reais. No mercado demetais, os pre?os do cobre chegaram nesta quinta-feira ao menorpatamar em dois meses. Entre as poucas altas do dia, figuraram companhias a?reas epetroqu?micas, cujas a??es vinham se ressentindo da escaladados pre?os do petr?leo. As a??es preferenciais da GOL deram um salto de 4,95 porcento, a 25,45 reais; enquanto as preferenciais da TAMavan?aram 3,9 por cento, para 35,12 reais. As preferenciais dapetroqu?mica Braskem subiram 0,07, para 13,46.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.