Metalurgicos da GM estão próximos de acordo com empresa

Trabalhadores reivindicam maior participação nos lucros da companhia; greve começou no dia 20

João Carlos de Faria, da Agência Estado,

24 de maio de 2011 | 15h42

Os trabalhadores do primeiro e segundo turnos da General Motors (GM), realizam nesta terça-feira, 24, na porta da fábrica, em São José dos Campos, uma assembleia para apreciação de uma nova proposta para o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 2011, apresentada pela empresa, em reunião realizada ontem, segunda-feira, em Guarulhos.

Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos local, Vivaldo Moreira, afirmou antes do início da assembleia, que a proposta apresentada pela GM melhorou e está mais próxima do que reivindica a categoria.

A expectativa, segundo ele, é de que o impasse seja resolvido, com a aprovação do acordo. Ele não quis revelar valores "para não criar problemas políticos entre os metalúrgicos", mas garantiu que houve um "aumento substancial" em relação aos R$ 9, 5 mil propostos anteriormente pela empresa e "há grande chance" da proposta ser aprovada.

Tudo o que sabemos sobre:
metalurgicosgeneral motorsgrevePRL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.