Metalúrgicos de Jaguar e Land Rover apóiam oferta indiana

Líderes sindicais do Reino Unidoque representam os metalúrgicos das marcas Jaguar e Land Rover,da Ford, decidiram apoiar uma oferta da indiana Tata Motorspelas marcas caso a montadora norte-americana opte pela vendadas unidades, informou a central sindical britânica Unite. Os líderes sindicais ainda preferem se manter como parte daFord, mas se a venda for confirmada o interesse dostrabalhadores "será atendido achando um parceiro com presençaestabelecida e experiência com produção", afirmou o sindicatoem comunicado na quarta-feira. O apoio do sindicato pode ser relevante para um acordopoliticamente sensível, já que a Ford ainda se manteria como amaior empregadora do Reino Unido mesmo após vender as duasmarcas de luxo, nas quais também pode seguir como parceiraminoritária. Fontes familiarizadas com o assunto disseram à Reutersneste mês que as três interessadas restantes são Tata Motors,Mahindra & Mahindra e a parceira Apollo, e One Equity Partners,apoiada pela JP Morgan . Os interessados têm se encontrado com os sindicatos e com ogoverno britânico nas últimas semanas, de acordo com fontespróximas ao assunto. O comunicado veio após os representantes de Tata, Mahindrae One Equity Partners se apresentarem para o sindicato. Os interessados falaram para os sindicatos sobre planos,inclusive sobre possíveis transferência de empregos e outrasfunções situadas atualmente no Reino Unido para o exterior,disseram fontes ligadas ao assunto. A Tata, a terceira maior montadora da Índia, afirmou estarcomprometida com as duas marcas com investimentos de longoprazo e que apóia a atual administração, disse o FinancialTimes, citando uma fonte ligada à apresentação. (Por Rina Chandran e Mathieu Robbins)

REUTERS

22 de novembro de 2007 | 16h14

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSFORDTATA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.