Metso faz contrato de R$ 65 mi para fábrica da CMPC

A Metso Paper South America, empresa responsável pelo projeto de construção da nova fábrica da CMPC Celulose Riograndense, em Guaíba, na Grande Porto Alegre, anunciou nesta sexta-feira a assinatura de contratos com fornecedores locais que somam R$ 65 milhões. Os acordos envolvem as gaúchas Metasa, Nova JVA e Intecnial, dos setores de engenharia e estruturas metálicas em carbono e aço inox.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

12 de julho de 2013 | 16h38

O projeto prevê a instalação de uma nova linha com capacidade para produzir 1,3 milhão de toneladas anuais de celulose e início de operações no primeiro semestre de 2015. Investimentos adicionais permitirão a ampliação da capacidade instalada do local para 1,5 milhão de toneladas. A CMPC Celulose Riograndense já produz 450 mil toneladas anuais de celulose em Guaíba.

Tudo o que sabemos sobre:
MetsoCPMC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.