Mexicana Cemex tem prejuízo trimestral de US$ 301 mi

A Cemex, terceira maior produtora de cimento e maior fabricante de concreto pré-misturado do mundo, registrou um prejuízo líquido no segundo trimestre, em consequência da alta dos custos financeiros e de prejuízos cambiais combinados com uma queda do lucro operacional em relação ao ano passado. O prejuízo líquido da Cemex totalizou US$ 301 milhões no segundo trimestre ou US$ 0,31 por recibo de ação (ADS), ante lucro líquido de US$ 173 milhões (US$ 0,23 por ADS) no mesmo período do ano passado.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

27 de julho de 2010 | 13h22

As vendas da companhia somaram cerca de US$ 3,8 bilhões, uma queda de 3% em comparação com o segundo trimestre de 2009, quando ajustadas pelas vendas dos ativos australianos da Cemex no ano passado. Segundo a companhia, as vendas subiram 8% no México, recuaram 8% nos EUA e diminuíram 10% na Europa.

De acordo com a empresa, as vendas de cimento consolidadas subiram 3% no segundo trimestre, em relação ao mesmo período de 2009, para 17,9 milhões de toneladas. As vendas de concreto pré-misturado recuaram 5%, para 13,5 milhões de metros cúbicos, enquanto as vendas de agregados caíram 4%, para 43,1 milhões de toneladas.

O fluxo operacional de caixa, medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), recuou 13%, para US$ 664 milhões. O lucro operacional declinou 23%, para US$ 295 milhões. A previsão dos analistas indicava vendas de US$ 3,68 bilhões e Ebitda de US$ 678 milhões. O fluxo de caixa livre depois de manutenção e investimentos caiu 59% no segundo trimestre, para US$ 187 milhões.

Segundo o vice-presidente executivo de planejamento e finanças da Cemex, Fernando Gonzalez, a companhia rebaixou sua perspectiva para o Ebitda em 2010 de US$ 2,75 bilhões para US$ 2,65 bilhões. Em teleconferência com analistas, o executivo afirmou que a Cemex também reduziu sua previsão para o fluxo de caixa livre depois de manutenção e investimentos para US$ 680 milhões, ante projeção inicial de US$ 800 milhões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
cimentoconcretoCemexprejuízobalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.