Mexicana Mabe compra operações da alemã BSH Bosch no Brasil

A fabricante mexicana de eletrodomésticos Mabe anuncia nesta quarta-feira a compra das operações brasileiras da alemã BSH Bosch, numa operação que deixará a empresa na segunda posição em vendas no país, atrás apenas da norte-americana Whirlpool, que detém as marcas Brastemp e Consul.

REUTERS

01 de julho de 2009 | 10h30

A BSH Bosch controla no Brasil a marca Continental desde 1994 e detinha cerca de 9 por cento das vendas de eletrodomésticos do país, segundo dados de mercado confirmados pela Mabe.

A empresa mexicana, por sua vez, tem cerca de 16 por cento de participação, ocupando atualmente a terceira posição.

A Mabe vende no Brasil produtos das marcas General Electric (GE) e Dako. O presidente da companhia, Luis Berrondo, dará mais detalhes da aquisição em entrevista coletiva nesta tarde, segundo a assessoria de imprensa da companhia mexicana.

Em comunicado, a BSH Bosch afirmou que as partes acertaram que não divulgarão o valor do negócio.

A operação da empresa alemã no Brasil envolve um complexo industrial em Hortolândia (SP) que possui uma fábrica de fogões, outra de refrigeradores e um centro de logística.

A Continental continuará a produzir eletrodomésticos de marca Bosch em Hortolândia sob licença por um prazo limitado e também continuará distribuindo produtos importados da BSH Bosch, segundo comunicado da BSH Bosch.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASMABECONTINENTAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.