Mineradora sul-africana investirá US$ 1,75 bi no Brasil

A mineradora de ouro sul-africana AngloGold Ashanti vai investir US$ 1,75 bilhão no Brasil a fim de aumentar a produção de ouro para 700.000 onças-troy por ano em 2016, disse o executivo-chefe da companhia, Mark Cutifani.

RENAN CARREIRA, Agencia Estado

28 de setembro de 2011 | 13h15

A empresa prevê produzir 420.000 onças-troy de ouro no Brasil este ano - foram 400.000 em 2010 - e aumentar a produção para 500.000 em 2012, disse Cutifani a jornalistas em um evento de mineração em Belo Horizonte. A companhia está atualmente iniciando as operações em um novo projeto de mineração de ouro, de US$ 220 milhões, no Córrego do Sítio, em Minas Gerais, afirmou Cutifani.

A empresa vai "permanecer ansiosa até que vejamos os resultados" da nova legislação para o setor de mineração no Brasil. Isso ocorre por causa da experiência da AngloGold na Austrália, onde a recente introdução de "novos impostos de mineração mais altos vai aumentar o custo das commodities para o mercado", disse ele.

O governo brasileiro deve enviar em breve ao Congresso as propostas para um nova legislação para mineração no País, que preveem o aumento dos royalties. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mineraçãoBrasilinvestimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.