Minério de ferro tem menor preço desde novembro/2011

O preço do minério de ferro caiu para o menor nível em mais de oito meses, enquanto a fraqueza no sentimento dos investidores e os grandes estoques afetam negativamente a demanda das siderúrgicas chinesas. O preço de referência no mercado à vista para o minério com 62% de ferro importado no Porto de Tianjin, na China, caiu 2,1% na quinta-feira, para US$ 125,60 por tonelada seca, segundo a The Steel Index.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

20 de julho de 2012 | 08h25

Esse é o valor mais baixo desde 7 de novembro do ano passado, quando os preços estavam em US$ 125 por tonelada. Depois de cair durante os últimos sete dias úteis, a referência para o minério está agora 28% mais baixa no ano. O minério de ferro foi a commodity com o pior desempenho na semana encerrada em 18 de julho, de acordo com pesquisa do Credit Suisse.

Participantes do setor citaram o baixo interesse de compra das siderúrgicas e dos operadores da China, onde os preços domésticos também recuaram. Analistas dizem que os consumidores de minério de ferro, que é um ingrediente importante para a siderurgia, estão concentrados em sua própria lucratividade enquanto a economia se desacelera, por isso não estão dispostos a pagar mais caro pela commodity.

"Embora em parte a fraqueza dos preços do aço pareça relacionada à superprodução anterior - os estoques permanecem altos - também é um sinal de que a demanda ainda precisa se recuperar de forma convincente", comentaram analistas do Credit Suisse.

Segundo observadores do mercado, os preços do minério de ferro provavelmente continuarão sob pressão até o fim do ano e poderão precisar de uma melhora significativa nos setores de construção e manufatura da China antes de voltarem a subir. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mineraçãopreçomenor nível

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.