Ministério da Agricultura fiscaliza unidades da BRF

Ministério da Agricultura fiscaliza unidades da BRF

Entre as plantas fiscalizadas estão a de Carambeí (PR) e de Lucas do Rio Verde (MT), citadas em relatório da Polícia Federal

Nayara Figueiredo, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2018 | 21h22

A gigante de alimentos BRF recebeu nesta quinta-feira, 25, fiscais do Ministério da Agricultura em pelo menos seis unidades, apurou o Broadcast Agro. Entre as plantas fiscalizadas estão a de Carambeí (PR) e de Lucas do Rio Verde (MT), citadas no relatório final da Polícia Federal sobre a Operação Trapaça, que inidicou 43 pessoas. As inspeções podem estar ligadas ao processo que foi aberto pelo ministério, após o relatório da PF, para investigar fraudes nos sistemas sanitários para aprovação de produtos da BRF.

Em nota, a BRF confirmou “ação do ministério em plantas da companhia”. A empresa não detalhou quantas unidades foram auditadas. “Os responsáveis pelas unidades foram orientados a prestar atendimento imediato a todas as demandas dos fiscais.”

A Polícia Federal concluiu o relatório sobre a Operação Trapaça no último dia 15. O Ministério publicou no dia 17 que iniciaria um processo de “apuração de responsabilidade de pessoa jurídica”, sem citar a empresa. Também foi aberta sindicância para averiguar possíveis desvios de conduta de servidores públicos, segundo uma fonte do governo.

Tudo o que sabemos sobre:
BRF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.