Ministro prevê que superávit do agronegócio será de US$ 33 bilhões

Brasília, 8 - O saldo da balança comercial do agronegócio somou US$ 31,578 bilhões no acumulado do ano até novembro, valor recorde. Com base nesse número, o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, estimou que o superávit comercial no ano deve ser de US$ 33 bilhões. Em 2003, o superávit foi de US$ 25,848 bilhões. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do ministro. Os dados mostram que o agronegócio foi responsável por 41,3% das exportações totais do País no acumulado dos 11 primeiros meses de 2004. Entre janeiro e novembro, os técnicos do ministério destacaram o incremento nas vendas de produtos agrícolas para o Mercosul (20,7%), para a União Européia (22,5%), Ásia, com exceção do Oriente Médio, (39,9%), Oriente Médio (38,9%) e África (52,9%). No período, a União Européia absorveu 34,5% das exportações totais do agronegócio. A participação da Ásia cresceu de 18,5% em 2003 para 20% em 2004. No período dos últimos 12 meses - que vai de dezembro de 2003 a novembro de 2004 - as exportações agrícolas somaram US$ 38,787 bilhões. O valor é 29,9% superior ao registrado no período anterior, de dezembro de 2002 a novembro de 2003, que foi de US$ 29,865 bilhões. No período, as importações cresceram 2,6% para US$ 4,878 bilhões. O saldo comercial foi de US$ 33,909 bilhões, 35% acima do resultado do período anterior.

Agencia Estado,

08 de dezembro de 2004 | 14h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.