MMX lucra R$ 69,2 milhões no 4º trimestre, queda de 5%

A MMX Mineração registrou lucro líquido de R$ 69,2 milhões no quarto trimestre de 2011, que representam uma queda de 5% em relação aos R$ 72,7 milhões obtidos em igual período de 2010. No ano passado, porém, a companhia teve prejuízo líquido de R$ 19,2 milhões ante lucro de R$ 46,6 um ano antes.

AE, Agencia Estado

27 de março de 2012 | 20h55

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) somou R$ 45,3 milhões no quarto trimestre de 2011, queda de 30% sobre os R$ 64,9 milhões do mesmo intervalo de 2010. No ano, o Ebitda ajustado foi de R$ 239,6 milhões, avanço de 33% face os R$ 180 milhões de 2010. A receita líquida da companhia atingiu R$ 1,035 bilhão no ano passado, superando os R$ 724,9 milhões de 2010.

No acumulado de 2011, a MMX registrou recorde de vendas: 7,7 milhões de toneladas de minério de ferro, volume 8% maior do que o apresentado em 2010. Desse total, 67% foram direcionados ao mercado interno e 33%, para exportação. No último trimestre, a MMX vendeu 1,9 milhão de toneladas, do qual 58% foram para o mercado interno e 42%, para o mercado externo. As vendas nos últimos três meses do ano ficaram 8% abaixo do 3T11 e 6% inferior ao mesmo período de 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.