Montadoras europeias pedem ação contra alta do minério de ferro

As montadoras na União Europeia pediram à Comissão Europeia e governos do bloco nesta quarta-feira para que combatam um aumento nos preços do minério de ferro, afirmando que o reajuste ameaça sua competitividade.

REUTERS

31 de março de 2010 | 12h25

"A indústria automotiva europeia está muito preocupada com o aumento no preço do minério de ferro, uma questão crucial para a produção do aço", afirmou em comunicado a associação europeia das fabricantes de veículos (Acea, na sigla em inglês).

"A Acea pede à Comissão Europeia e países-membros urgentemente que usem todos os canais apropriados para combater desenvolvimentos distorcidos (nos preços do minério)", acrescentou a entidade.

Grandes produtoras mundiais de minério de ferro teriam informado a siderúrgicas japonesas que irão precificar o insumo trimestralmente a partir de 1o de abril, sinalizando o fim dos acordos anuais de preços.

Segundo informações da indústria, o aumento provisório no preço do minério seria de cerca de 90 por cento a partir do mês que vem, para 105 dólares por tonelada.

(Reportagem de Bate Felix e Pete Harrison)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSEUFERRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.