Moody's coloca ratings da Desenvix em revisão

A Moody''s colocou em revisão para possível rebaixamento os ratings da Desenvix de Ba3 em escala global e A2.br na escala nacional brasileira. Outras notas colocadas em revisão, para possível rebaixamento, foram o B1 em escala global e Baa1.br na escala nacional brasileira, referente a emissão de R$ 100 milhões em debêntures amortizáveis, emitidas em dezembro de 2012 com vencimento final em quatro anos.

MARCELLE GUTIERREZ, Agencia Estado

28 de junho de 2013 | 21h17

A revisão dos ratings da Desenvix, segundo a Moody''s, foi desencadeada pela recente deterioração inesperada nos indicadores de crédito da companhia, "bem como por uma piora na liquidez em um momento onde o regulador Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) poderia potencialmente aplicar multas a Desenvix".

A agência de classificação de risco também enfatizou que o desempenho operacional e financeiro da companhia em 2012 foi mais fraco do que o previsto por conta das despesas financeiras mais altas e interrupção das operações da subsidiária Enercasa durante boa parte do ano.

Sobre a Enercasa, a Moody''s relembra que, apesar da falha na produção de energia, a companhia recebeu o valor contratual integral da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Em consequência, a Aneel determinou reembolso de R$ 22 milhões, realizado em maio, além de multa de R$ 11 milhões pelo descumprimento do contrato de fornecimento, assunto ainda em discussão.

Há ainda obrigação de R$ 103 milhões da Desenvix com fornecedores. "Independente do resultado das atuais negociações com os fornecedores, parece que essa dívida não representará um desembolso de caixa imediato. No entanto, Moody''s não elimina a possibilidade de longas discussões, o que poderia eventualmente ser decidido em juízo.

Tudo o que sabemos sobre:
Moody'sDesenvix

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.