Moody’s diz que pode cortar o rating de 30 bancos espanhóis

Na semana passada, a Moody's colocou o rating Aa1 da Espanha em moeda local e estrangeira em revisão para possível rebaixamento

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

20 de dezembro de 2010 | 14h50

Menos de uma semana após alertar que poderia cortar o rating da dívida soberana da Espanha, a Moody's Investors Service disse que avalia a possibilidade de rebaixar também a nota de 30 bancos espanhóis.

A agência de rating, citando a colocação na semana passada do rating do governo espanhol em observação para rebaixamento, observou que ao decidir sobre rebaixamento dos bancos, teria de verificar que capacidade um governo com o rating rebaixado teria de ajudar o sistema bancário, em caso de necessidade.

"Os ratings de dívida que se beneficiam de um elevação provocada por suporte sistêmico podem ser negativamente afetadas pelo enfraquecimento na qualidade do crédito soberano ou por uma potencial queda na probabilidade de o governo espanhol apoiar os bancos espanhóis no caso de necessidade", disse a Moody's.

Na semana passada, a Moody's colocou o rating Aa1 da Espanha em moeda local e estrangeira em revisão para possível rebaixamento, citando os desafios de necessidade de financiamento do país em 2011 e a complicada perspectiva dos bancos e dos governos regionais.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
Moody'sbancosEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.