Moody's rebaixa rating da Toyota para o nível mais baixo da história

Para agência de risco, recall da montadora levantou questões sobre sua lucratividade até 2012 no mínimo

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

22 de abril de 2010 | 15h36

A agência de classificação de risco Moody's cortou o rating para a dívida de longo prazo da Toyota Motor de Aa1 para Aa2 - o nível mais baixo na história da companhia -, dizendo que o recall da montadora levantou questões sobre sua lucratividade até 2012 no mínimo.

 

O corte era amplamente esperado no final da revisão iniciada em fevereiro, depois que a maior montadora do mundo em vendas promoveu um recall de nove milhões de automóveis para consertar problemas relacionados aos seus pedais de aceleração e sistemas de freios.

 

Embora o rebaixamento da classificação vá aumentar os custos de financiamento da companhia, o corte ainda deixa a dívida da Toyota muito mais bem avaliada do que a de suas competidoras no setor.

 

Mas o rebaixamento foi um lembrete incômodo para a montadora, que embora seus recentes descontos tenham impulsionado as vendas para clientes que procuravam por pechinchas, os custos antecipados do recall de US$ 2 bilhões - mais a possibilidade de um processo judicial - vão apertar os rendimentos da companhia, uma vez que a indústria automotiva global ainda caminha lentamente para uma recuperação um tanto frágil. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Moody'sToyota

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.