Moodys:rating da Vale será favorável com dívida menor

A agência de classificação de risco Moody''s, que mudou nesta sexta-feira, 11, a perspectiva de rating da Vale de estável para positiva, informou que o rating da mineradora pode sofrer impacto favorável se a empresa mantiver ou reduzir os níveis absolutos de dívida nos próximos 15 meses e completar de forma bem-sucedida seus principais projetos de expansão de imobilizado sem estouros significativos de custo.

NATALIA GÓMEZ, Agencia Estado

11 de abril de 2014 | 18h17

Outras condições são a manutenção do índice de fluxo de caixa operacional menos dividendos sobre dívida em pelo menos 30% e fluxo de caixa livre sobre dívida na faixa de 10%, no mínimo, informou a Moody''s. "Considerações adicionais incluiriam maior clareza quanto à estratégia de aquisição e às políticas financeiras da empresa", acrescentou em comunicado.

Em decorrência dos" fortes perfil financeiro e posição de liquidez atuais da empresa", um rebaixamento do rating é improvável, na visão da agência. Contudo, os ratings e a perspectiva poderiam ficar sob pressão se a empresa buscar aquisições substanciais ou projetos Capex em detrimento de seu perfil de crédito.

Outros fatores que poderiam contribuir para uma pressão negativa seriam um índice dívida/Ebitda aumentando acima de 3 vezes, fluxo de caixa operacional menos dividendos sobre dívida caindo abaixo de 25% ou persistente geração de fluxo de caixa livre negativo.

Tudo o que sabemos sobre:
Moody'sValerating

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.