Morgan Stanley registra prejuízo atribuído a acionistas

Prejuízo foi de US$ 0,38 por ação no segundo trimestre, em comparação com o lucro de US$ 1,58 bilhão, ou US$ 1,09 por ação, no mesmo período do ano passado 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

21 de julho de 2011 | 10h26

O Morgan Stanley registrou um prejuízo atribuível a acionistas de US$ 558 milhões no segundo trimestre, após encargos associados com investimento do Mitsubishi UFJ Financial Group no banco. O prejuízo atribuível aos acionistas foi de US$ 0,38 por ação no segundo trimestre, em comparação com o lucro de US$ 1,58 bilhão, ou US$ 1,09 por ação, no mesmo período do ano passado.

Já a receita líquida aumentou 17% no período, para US$ 9,3 bilhões. Os analistas ouvidos pela Thomson Reuters tinham previsto um prejuízo atribuível aos acionistas de US$ 0,64 e uma receita de US$ 8,04 bilhões.

O lucro atribuível para o Morgan Stanley, uma maneira diferente de calcular o lucro, caiu 39% no segundo trimestre, para US$ 1,19 bilhão. Às 9h40 (de Brasília), as ações do banco subia 5,94% em Nova York. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
lucroprejuízoreceitaMorgan Stanley

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.