Morre Isidoro Álvarez, presidente da rede espanhola El Corte Inglés

O presidente do grupo espanhol El Corte Inglés, Isidoro Álvarez, que transformou um negócio familiar na maior rede de lojas de departamento do país, morreu neste domingo em um hospital de Madri, de acordo com a empresa.

REUTERS

14 de setembro de 2014 | 17h18

Álvarez, de 79 anos, morreu de um "ataque cardíaco súbito" na clínica Puerta de Hierro, onde foi internado na quarta-feira com insuficiência respiratória, de acordo com uma nota do El Corte Inglés.

Ligado durante toda sua vida à empresa fundada por seu tio Ramón Areces, em 1935, Álvarez tornou-se presidente da companhia em 1989, ajudando a torná-lo o maior grupo de lojas de departamento em Espanha.

Com vendas de 14,2 bilhões de euros no ano passado, El Corte Inglés é considerado um modelo na economia espanhola, empregando mais de 93.000 funcionários e com presença em grande parte de Espanha e Portugal.

(Por Inmaculada Sanz)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASELCORTEINGLESMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.