Morre o economista Francisco Gros

Economista presidiu estatais como BNDES e Petrobrás, além de ter atuado no setor privado

Irany Tereza, da Agência Estado,

20 de maio de 2010 | 18h52

Faleceu nesta quinta-feira, 20, no Hospital Sírio Libanês (SP), aos 67 anos, o economista Francisco Gros. Há um ano e dois meses, ele lutava contra um câncer no cérebro.Gros, que deixa viúva, três filhos e quatro netos, será cremado amanhã no Memorial do Carmo, no Rio.

Formado pela Universidade de Princeton, Francisco Roberto André Gros presidiu estatais como BNDES, Petrobrás, do Banco Central(em duas ocasiões distintas) e diretor da CVM. No setor privado, foi presidente e CEO da Fosfertil, da Aracruz Celulose, bem como Diretor Gerente do Morgan Stanley. De setembro de 2007 a abril de 2008 foi presidente da OGX, depois permaneceu no Conselho de Administração da empresa Também presidia o Conselho de Administração da Wilson Sons Ltd.

Tudo o que sabemos sobre:
Francisco GroseconomistaBNDESCVM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.