Na Grécia, vice-ministro da Marinha Mercante deve renunciar

Giorgos Vernikos é acusado de conflito de interesse sobre seu envolvimento em uma companhia offshore 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

26 de junho de 2012 | 15h38

ATENAS - O recém-nomeado vice-ministro da Marinha Mercante da Grécia, Giorgos Vernikos, deverá apresentar sua renúncia ao primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, após um alegado conflito de interesse sobre o seu envolvimento em uma companhia offshore, reportou a televisão estatal NET.

 

De acordo com a lei grega, os ministros e figuras políticas são proibidos de possuírem participações em companhias offshore, segundo a TV.

Mais cedo, Samaras nomeou o professor de Economia Yiannis Stournaras como ministro das Finanças, em substituição a Vassilis Rapanos, que renunciou ontem por causa de problemas de saúde. As informações são da Dow Jones.  

Tudo o que sabemos sobre:
GreciaCrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.