Não acredito mais em reforma tributária, diz Lula

Para o ex-presidente, o ministro da Fazenda terá que fazer mudanças pontuais na política tributária, negociadas com os governadores

Luciana Nunes Leal, da Agência Estado,

29 de julho de 2011 | 15h52

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira, 29, em seminário na Escola Superior de Guerra (ESG) que não acredita mais em uma reforma tributária ampla. Segundo o ex-presidente, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, terá que fazer mudanças pontuais na política tributária, negociadas com os governadores.

"O inimigo oculto que derrubou Jânio Quadros está no Congresso Nacional. Não acredito mais em reforma tributária. Todo mundo quer mudança, mas nenhum governador quer perder nada. Só trazendo Jesus Cristo de volta para ele dizer como é que se faz isso", afirmou.

O tema da palestra para militares alunos da ESG foi "Brasil, o País do futuro". Para Lula "o verdadeiro milagre brasileiro foi a retirada de R39 milhões de pobres que passaram para a classe média".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.