Nestlé compra ações da L'Oreal na Galderma

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição, pela Nestlé, das ações detidas pela L''Oréal na Galderma, empresa suíça que atua principalmente na venda de produtos dermatológicos. O aval do órgão não prevê restrições ao negócio e está publicado em despacho no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 25.

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado

25 de abril de 2014 | 09h25

Segundo documento do Cade, essa operação deriva de uma transação mais ampla, na qual L''Oréal pretende comprar e cancelar 48.5 milhões de suas próprias ações detidas pela Nestlé. Com isso, a L''Oréal se comprometeu a transferir para Nestlé todas as ações que detinha em Galderma Pharma e Galderma International, denominadas em conjunto simplesmente Galderma.

"Por meio da aquisição de Galderma, a Nestlé deseja desenvolver-se nas áreas de nutrição, saúde e bem-estar pela expansão das suas atividades de tratamento médico dermatológico, além de alavancar as oportunidades de crescimento da Galderma em todos os seus canais de distribuição", diz texto do Cade. "Da perspectiva do Grupo L''Oréal, este irá focar-se exclusivamente em seu negócio de cosméticos e em sua missão "Beleza para todos", sua estratégia de universalização e sua ambição de alcançar um bilhão de novos consumidores", acrescenta.

Tudo o que sabemos sobre:
NestléL'OrealGalderma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.