Nextel pede à Anatel autorização para compra da Unicel

A empresa de telefonia Nextel protocolou junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) um pedido de compra da Unicel, antiga Aeiou. A informação é do vice-presidente de novos negócios e assuntos corporativos da Nextel, Alfredo Ferrari, que participou nesta terça-feira de seminário organizado pela Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (TelComp).

RODRIGO PETRY, Agencia Estado

30 Outubro 2012 | 17h14

Segundo ele, o objetivo da empresa é aproveitar o espectro de 1,8 GHz pertencente à Unicel em São Paulo. "É uma oportunidade para ampliar nossa capacidade", afirmou. Ele evitou dar mais detalhes da negociação porque a empresa está em período de silêncio que antecede a divulgação dos resultados trimestrais. Ferrari disse que a Nextel vai negociar também o passivo da Unicel.

O executivo reiterou que a empresa pretende ofertar os serviços de 3G até o final deste ano em São Paulo. O presidente da Anatel, João Rezende, confirmou o recebimento do pedido de autorização, mas não fez previsão para análise. "Não temos prazo, mas esperamos que (a análise) ocorra o mais rapidamente possível", disse, acrescentando que esta frequência que a Nextel pretende adquirir é compatível com o 3G.

Mais conteúdo sobre:
NextelAnatelpedidocompraUnicel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.