Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Nike fecha 2º trimestre fiscal com lucro 2,6% maior

Ações da empresa no 'after hours' de Nova York subiram após divulgação dos resultados; vendas nos mercados emergentes cresceram 26%

Agência Estado,

20 de dezembro de 2011 | 20h24

NOVA YORK - Nova York, 20 - A Nike anunciou que seu lucro do segundo trimestre fiscal cresceu 2,6% em relação a igual período do ano anterior, acompanhado por um aumento maior que o esperado na receita. As ações da companhia, que fecharam em alta de 0,27%, subiam 0,77% no after hours.

No trimestre encerrado em 30 de novembro, a Nike teve lucro de US$ 469 milhões, ou de US$ 1 por ação, de US$ 457 milhões, ou US$ 0,94 por ação, um ano antes. A receita da companhia cresceu 18%, para US$ 5,73 bilhões. Analistas consultados pela Thomson Reuters esperavam lucro de US$ 0,97 por ação e receita de US$ 5,63 bilhões para o período.

A margem bruta da Nike encolheu para 42,7%, de 45,3%, pressionada por um aumento de 24% nos custos de venda. Os custos mais altos levaram a companhia a elevar os preços no ano fiscal anterior e a estudar mais reajustes neste ano.

Na América do Norte, principal mercado da Nike, as vendas subiram 21% no segundo trimestre fiscal, excluindo variações cambiais. Nos mercados emergentes, a expansão foi de 26%, enquanto na China o ganho foi de 28%.

As informações são da Dow Jones. (Gustavo Nicoletta)

Tudo o que sabemos sobre:
Nike

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.