Norte Energia paralisa obras na usina Belo Monte

A Norte Energia, empresa responsável pela hidrelétrica Belo Monte, foi notificada da decisão da Justiça que determinou a parada das obras da usina e suspendeu as atividades no local, informou a assessoria de imprensa da empresa nesta quinta-feira.

Reuters

23 de agosto de 2012 | 13h32

A empresa ainda informou em nota que "está adotando todas as medidas cabíveis para reverter aquela decisão, com o objetivo de que as atividades suspensas voltem à normalidade com menor tempo possível".

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1) determinou na terça-feira passada que as obras da usina no Pará sejam suspensas, acatando pedido do Ministério Público Federal no Estado. Segundo a 5a Turma do TRF-1, o Congresso Nacional deveria ter feito consulta prévia às comunidades indígenas antes de autorizar os estudos do empreendimento.

O presidente da Norte Energia, Duílio Figueiredo, havia afirmado que a empresa espera reverter a decisão até dezembro, para não alterar o cronograma da obra.

A usina, que terá 11,2 mil megawatts (MW) quando concluída, tem que entrar em operação no início de 2015.

(Por Anna Flávia Rochas)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIANORTEENERGIABELOMONTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.