Nossa Caixa oferecerá linhas de crédito com recursos do BNDES

Crédito será destinado para financiar a compra de máquinas, bens de produção e equipamentos agrícolas

Anne Warth, da Agência Estado,

19 de agosto de 2009 | 16h24

O Banco Nossa Caixa passará a oferecer quatro linhas de crédito conveniadas ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES). Pela linha BNDES PSI, vinculada ao Programa de Sustentação do Investimento do governo federal, a instituição vai oferecer acesso às linhas de crédito Finame e BNDES Automático para financiar a compra de máquinas e equipamentos, inclusive caminhões e ônibus. O prazo máximo de pagamento para essa linha é de 10 anos, com carência de até 24 meses e taxas de juros fixadas entre 4,5% e 7% ao ano, de acordo com o equipamento que será adquirido. O valor mínimo financiável é de R$ 30 mil e o máximo de até 100% do valor do bem financiado, no caso das micro, pequenas e médias empresas. Para os grandes negócios, será de até 80% do bem.

 

A Nossa Caixa passará a oferecer também a linha PEC-BNDES, que fornece capital de giro a empresas de todos os setores com taxas de juros que variam entre 12,10% e 16,43% ao ano. As operações serão financiadas com valores a partir de R$ 500 mil. O valor máximo será limitado a 20% da receita operacional bruta da empresa no ano anterior, com limite de R$ 20 milhões. O prazo para pagamento é de até 36 meses, com até 12 meses de carência.

 

A Nossa Caixa vai oferecer também o Cartão BNDES a partir de 31 de agosto, com bandeira Visa. Por meio dessa linha, empresas com faturamento bruto anual de até R$ 60 milhões poderão financiar a compra de mais de 100 mil bens de produção listados pelo BNDES, entre eles materiais dos setores de couro calçadista, moveleiro, têxtil, confecção, panificação, autopeças e outros. As compras poderão ser parceladas em um prazo entre 3 e 48 meses, com taxas de juros prefixadas pelo BNDES - atualmente em 0,97% ao mês. O limite para o financiamento será de R$ 500 mil e a expectativa da Nossa Caixa é de negociar 5 mil cartões até dezembro.

 

Pela linha BNDES PSI Agrícola, a Nossa Caixa passará a financiar a aquisição de equipamentos do setor agrícola, por meio da linha Finame Agrícola. O valor mínimo de financiamento é de R$ 30 mil, e as taxas de juros estão fixadas em 4,5% ao ano. O prazo máximo do financiamento é de 120 meses, com carência mínima de 3 meses e máxima de 24 meses. Para produtores rurais de micro, pequenas e médias empresas o desembolso máximo será de 100%, e para as grandes empresas, de 80%.

 

As linhas BNDES PSI, BNDES PSI Agrícola e PEC-BNDES estarão em vigor até 31 de dezembro deste ano. Para que haja tempo para análise e aprovação das propostas, os interessados deverão protocolar os seus pedidos até 30 de novembro, no caso das linhas BNDES PSI e BNDES PSI Agrícola, e 20 de novembro no caso da PEC-BNDES.

Tudo o que sabemos sobre:
Nossa CaixacréditoBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.