Novas regras para TV a cabo beneficiam a Oi, critica Net

Para presidente da Net, empresa 'incomoda' nos segmentos de banda larga e telefonia, que são mercados cativos das companhias de telecomunicações

Mônica Ciarelli, da Agência Estado,

29 de junho de 2011 | 16h46

O presidente da Net, José Antônio Félix, fez duras críticas a nova regulamentação de TV a cabo atualmente em consulta pública pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), nesta quarta-feira, 29. "A regulamentação favorece abertamente os interesses da Oi. Não tenho dúvidas disso. Basta ler", afirmou o executivo.

Pelas propostas, novas outorgas poderão ser entregues a qualquer interessado, eliminando limites para a concessão de licenças. Félix argumenta que a Net "incomoda" nos segmentos de banda larga e telefonia, que são mercados cativos das empresas de telecomunicações. Por isso, essas empresas tem como estratégia entrar no setor de TV a cabo, onde a Net tem o foco de sua atuação. "Mas a estratégia deles é entrar em mercados de alto poder aquisitivo. Duvido que entrem em mercados pequenos e médios", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
netbanda largaoi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.