Novo governo da Itália obtém voto de confiança no Senado

Os 25 senadores que votaram contra o novo governo pertencem ao partido de Berlusconi, que agora se tornou oposição; 281 foram a favor e votação segue para a Câmara dos Deputados

André Lachini, da Agência Estado,

17 de novembro de 2011 | 18h49

O governo do primeiro-ministro Mario Monti obteve o voto de confiança no Senado da Itália na noite desta quinta-feira, 17, após ter anunciado o plano de governo e medidas para reativar a economia italiana. No total, 281 senadores votaram a favor do governo e 25 votaram contra. Segundo a agência de notícias Ansa, todos os senadores que votaram contra são da Liga Norte, partido de direita que passou para a oposição após a queda de Silvio Berlusconi. Eram necessário 154 votos para fazer uma maioria.

Em discurso antes do voto, Monti disse que seu governo se baseará em três pilares: austeridade fiscal, crescimento econômico e justiça social. Um voto de confiança na Câmara dos Deputados deverá ocorrer na sexta-feira.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.