Nilton Fukuda | ESTADÃO CONTEÚDO
Nilton Fukuda | ESTADÃO CONTEÚDO

Nubank contrata ex-presidente do BC Gustavo Franco como consultor

Empresa de cartões de crédito vai contar com o ex-chefe do órgão regulador em seu time de estratégia

Malena Oliveira, O Estado de S.Paulo

27 Julho 2017 | 16h58

O Nubank anunciou nesta quinta-feira, 27, a chegada do ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco ao time de consultores da empresa de cartões.

O economista, que esteve à frente do órgão regulador entre 1994 e 1995 e entre 1997 e 1999, chega à fintech com a missão de ampliar os negócios da empresa em um momento em que o próprio BC busca uma aproximação com essas startups.

+ Banco Neon agora mira mercado corporativo

Com mais de 40 anos de experiência no setor financeiro, Gustavo Franco também é co-fundador da gestora de investimentos Rio Bravo e integrou a equipe que elaborou o Plano Real, nos anos 1990. 

"Para o Nubank, poder contar com a experiência e a visão de mercado de alguém como o Gustavo Franco é com certeza um diferencial para continuarmos encantando cada vez mais clientes e desafiando cada vez mais esse setor tão letárgico", comenta em nota David Vélez, presidente do Nubank.

+ Cartões ‘premium’ cortam anuidade para segurar cliente

O Nubank já alcançou mais de 8 milhões de pessoas - já contando os cerca 500 mil que ainda aguardam uma resposta de seu cadastro - com a proposta de um cartão de crédito internacional sem anuidade, com juros mais baixos no rotativo e com a possibilidade de descontos na antecipação do pagamento de faturas.

A empresa começou este mês a cadastrar interessados em seu programa de fidelidade, ainda em elaboração, e mira diversas iniciativas para oferecer novos serviços, entre elas a oferta de cartões adicionais e o depósito garantia para obtenção de limite, planos ainda em estudos iniciais. 

Receita. Com prejuízo de R$ 122 milhões em 2016, o Nubank viu sua receita crescer 644%, para R$ 77,1 milhões, no ano passado. O próprio balanço da empresa destaca que a empresa não vê problemas em ainda não operar no azul. 

Fundada pelo colombiano David Vélez, o Nubank se inspira em modelos de negócio americanos como o Capital One, que concede crédito com base em análise aprofundada de dados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.