Número de celulares no Brasil chega a 175,6 milhões

Segundo balanço da Anatel, em janeiro foram vendidos 1,64 milhão de novas linhas, o que representa um crescimento de 0,94% sobre dezembro

Gerusa Marques, da Agência Estado,

22 de fevereiro de 2010 | 16h17

O número total de celulares do Brasil chegou a 175,6 milhões no mês de janeiro, segundo balanço divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Só no mês passado, foram vendidos 1,64 milhão de novas linhas, o que representa um crescimento de 0,94% sobre o saldo de dezembro. Do total de celulares, 82,62% estão na modalidade pré-paga e 17,38% no segmento pós-pago.

 

O desempenho de janeiro, em número de celulares vendidos, é o segundo melhor da série histórica para o primeiro mês do ano, só perdendo para janeiro de 2008, quando foram vendidos 1,87 milhão de celulares. De acordo com os números divulgados pela Anatel, já há no País 91 celulares em cada grupo de 100 pessoas.

Mercado - A operadora Vivo continua na liderança do mercado, com 29,87% do total de celulares. A Claro mantém a segunda colocação, com 25,52%, seguida pela TIM, com 23,63%, e da Oi, com 20,61%.

 

O número de celulares de terceira geração (3G) e de modens para acesso à banda larga móvel também continua apresentando crescimento acelerado, passando de 8,66 milhões, em dezembro de 2009, para 12,18 milhões, em janeiro deste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.