Número de desempregados na Alemanha cai, mas taxa de desemprego fica estável

Número de pessoas sem emprego caiu para 2,945 milhões em outubro, o menor nível dos últimos 18 anos

Danielle Chaves, da Agência Estado,

28 de outubro de 2010 | 09h01

O número de pessoas sem emprego na Alemanha caiu para 2,945 milhões em outubro, o menor nível dos últimos 18 anos, de 3,031 milhões em setembro, segundo o Escritório Federal de Trabalho. Em outubro de 1992 esse número foi de 2,928 milhões de pessoas. O dado deste mês também marca a primeira queda abaixo do patamar politicamente sensível de 3 milhões desde novembro de 2008.

No entanto, a taxa de desemprego, ajustada por fatores sazonais, ficou estável em 7,5%, mesmo valor de setembro, acima das estimativas dos economistas de 7,4%. A taxa de desemprego não ajustada caiu para 7,0% em outubro, de 7,2%.

O desemprego entre os jovens atingiu o menor nível em 20 anos em outubro, com 5,9% dos alemães entre 15 e 24 anos sem emprego.

Segundo Frank-Juergen Weise, diretor do Escritório Federal de Trabalho, o número de pessoas sem emprego na Alemanha deverá continuar caindo no próximo ano. Embora demissões sazonais, relacionadas ao inverno local, possam elevar o desemprego total para mais de 3 milhões em dezembro e janeiro, deverá haver queda abaixo desse nível novamente em 2011.

"Eu não descartaria um número em torno de 2,7 milhões, mais provavelmente em outubro de 2011", afirmou Weise, calculando a média de desempregados no próximo ano em 2,9 milhões de pessoas.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
empregoAlemanhadesemprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.