NY cai por petróleo;S&P 500 tem pior semana em 2 meses

Os índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta sexta-feira, à medida que as ações de empresas do setor de energia tiveram queda em linha com os preços do petróleo, por preocupações com relação à fraca demanda.

LEAH SCHNURR, REUTERS

15 de maio de 2009 | 18h12

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,75 por cento, para 8.268 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,54 por cento, para 1.680 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 1,14 por cento, para 882 pontos.

Uma série de relatórios, incluindo dados sobre os preços ao consumidor e índice de confiança, reforçou esperanças de que a recessão está arrefecendo e permitiu que o mercado subisse no início do pregão. Entretanto, a alta durou pouco tempo.

As ações foram incapazes de manter os ganhos em meio a uma sessão volátil, à medida que investidores miravam os preços do petróleo em queda. Os papéis da Chevron e da Exxon Mobil estiveram entre as maiores baixas do índice Dow Jones.

Os contratos futuros do petróleo nos Estados Unidos caíram 2,28 dólares, ou 3,9 por cento, valendo 56,34 dólares o barril, na esteira do crescente pessimismo com relação às perspectivas para a demanda global de energia. As ações da Chevron perderam 2,0 por cento, a 65,88 dólares, enquanto as da Exxon Mobil cederam 0,9 por cento, para 69,11 dólares.

Os papéis do JPMorgan Chase, desvalorizados em 1,8 por cento, a 34,91 dólares, também caíram no índice de blue chips e contribuíram para a queda de 3 por cento do indicador do setor bancário KBW. Desde o início de março, o KBW dobrou sua pontuação, à medida que investidores tinham esperanças de que os bancos haviam passado pelo pior momento da crise de crédito.

"Parece que os momentos de pessimismo estão começando a voltar e estão se prendendo às notícias das últimas semanas. Isso está provocando um segundo impacto no movimento de alta das bolsas e no otimismo dos investidores", disse John Schloegel, vice-presidente de estratégias de investimento da Capital Cities Asset Management em Austin, Texas.

Na semana, o índice Nasdaq acumulou queda de 3,4 por cento, quebrando um sequência de nove semanas seguidas de ganhos. O índice S&P 500 perdeu 5,0 por cento e o Dow Jones cedeu 3,6 por cento.

O vencimento de opções também se somou à volatilidade.

(Reportagem adicional de Edward Krudy)

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.