NY sobe em sessão volátil; tecnologia sustenta Nasdaq

As bolsas de valores dos Estados Unidos terminaram em alta nesta sexta-feira, uma vez que resultados trimestrais de Oracle e Research In Motion respaldaram o avanço do Nasdaq de mais de 1 por cento.

CHUCK MIKOLAJCZAK, REUTERS

18 de dezembro de 2009 | 20h25

A apreciação do dólar, contudo, limitou os ganhos no Dow Jones e Standard & Poor's 500.

No encerramento, o Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,20 por cento, para 10.328 pontos. O Nasdaq Composite subiu 1,45 por cento, para 2.211 pontos. O S&P 500 ganhou 0,58 por cento, para 1.102 pontos.

O impulso do Nasdaq deveu-se à divulgação por parte da Oracle de um aumento maior que o esperado nas vendas de licenças de softwares, enquanto a Research In Motion, fabricante do BlackBerry, informou uma forte estimativa de desempenho.

As ações da Oracle subiram 6,4 por cento, ao passo que as da RIM cresceram 10,3 por cento.

No mercado global de moedas, o dólar chegou a subir 0,6 por cento na máxima do dia, mas interrompeu os ganhos no fim da sessão, dissipando parte da pressão das vendas sobre as ações. No fechamento, a divisa apreciou-se apenas 0,03 por cento.

A valorização do dólar ao longo do dia pressionou os papéis de companhias multinacionais. Caterpillar perdeu 0,6 por cento, enquanto a fabricante de aviões Boeing caiu 1,9 por cento, maior peso negativo sobre o Dow Jones.

Tensões geopolíticas sustentaram a alta do dólar. Uma autoridade iraquiana informou que onze soldados iranianos cruzaram a fronteira com o Iraque nesta sexta-feira e estabeleceram posições num campo de petróleo no sul iraquiano, área disputada pelos dois países.

"Se há um foco de tensão em desenvolvimento no Oriente Médio, isso será positivo para o dólar, pois haverá uma corrida por proteção... Por outro lado, pode ser negativo para os mercados de ações", disse Paul Mendelsohn, estrategista-chefe de investimento da Windham Financial Services, em Charlotte, Vermont.

Um dólar apreciado força investidores que possuem apostas na desvalorização da moeda norte-americana a cobrir posições vendidas em dólar por meio da venda de ações e outros ativos financeiros.

No acumulado da semana, o Dow Jones caiu 1,3 por cento, o Nasdaq subiu 0,98 por cento, ao passo que o S&P 500 perdeu 0,34 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.