Obama manifesta a Monti ‘confiança total’ na Itália

Governo dos EUA disse esperar avanço rápido na implementação de plano para combater a crise da dívida da zona do euro

Renan Carreira, da Agência Estado,

21 de novembro de 2011 | 17h08

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, manifestou "confiança total" na Itália em uma ligação telefônica para o novo primeiro-ministro do país, Mario Monti, informou nesta segunda-feira, 21, a Casa Branca.

O secretário de imprensa da Casa Branca, Jay Carney, afirmou que Washington espera que os líderes da Europa avancem "rapidamente" para implementar o plano deles a fim de combater a crise da dívida soberana que continua a afetar a região. Carney disse que a ação era especialmente urgente dado os novos governos na Grécia, Itália e Espanha.

Monti substituiu Silvio Berlusconi como primeiro-ministro italiano após este demitir-se há dez dias por causa de uma aparente incapacidade para enfrentar a crise da dívida.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
crisedividaueobamacasa brancamonti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.