Obra de Angra 3 é adiada para dezembro e operação começa em 2015

Antes previsto para setembro, o início das obras da usina nuclear Angra 3 foi novamente adiado, desta vez para dezembro, depois que a Eletronuclear assinou contrato para obras civis com a construtora Andrade Gutierrez.

REUTERS

16 de setembro de 2009 | 13h48

Segundo comunicado da Eletronuclear, o contrato seguiu a determinação do Tribunal de Contas da União de reduzir em 120 milhões de reais, ou 8,8 por cento, o valor inicialmente previsto para a parte de obras civis, de 1,35 bilhão de reais. A usina como um todo custará 7,3 bilhões de reais. Boa parte do equipamento nuclear já foi adquirido no passado.

A operação da usina está marcada para começar em maio de 2015, informou a Eletronuclear, braço nuclear da Eletrobrás.

(Por Denise Luna)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAELETRONUCLEARANGRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.