Obras na usina hidrelétrica de Santo Antônio são retomadas

Os trabalhadores da obra da hidrelétrica de Santo Antônio (RO) voltaram ao trabalho nesta segunda-feira, segundo informações do consórcio construtor de Santo Antônio, liderado pela Odebrecht.

REUTERS

31 de outubro de 2011 | 15h19

As obras tinham sido paralisadas na semana passada devido a um tumulto entre os trabalhadores da obra, iniciado na madrugada de sexta-feira. Um ônibus chegou a ser queimado.

O consórcio construtor não sabia informar, de imediato, quais as reivindicações dos trabalhadores teriam sido atendidas para que eles retomassem o trabalho.

As obras das hidrelétricas do Rio Madeira também já chegaram a ser paralisadas em março deste ano, depois que uma rebelião de trabalhadores foi iniciada na usina hidrelétrica Jirau, também no Rio Madeira. Na ocasião, o canteiro de Santo Antônio também parou para evitar que o problema de Jirau se alastrasse.

A usina de Santo Antônio terá capacidade para gerar 3.150 megawatts (MW) e tem previsão para entrar em operação em dezembro deste ano.

Na semana passada, a hidrelétrica de Belo Monte (PA) também paralisou as obras, depois que canteiro foi invadido por manifestantes contrários ao projeto. Os trabalhos foram retomados na sexta-feira, depois que a Justiça do Pará ordenou a desocupação da área da obra.

A usina Santo Antônio é operada pela empresa Santo Antônio Energia, na qual a Cemig e Furnas, do grupo Eletrobras, têm participação, além de outras companhias.

(Reportagem de Anna Flávia Rochas)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIASANTOANTONIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.