Oferta doméstica de aço da China deve crescer 25% em 2009--Cisa

A Associação de Ferro e Aço da China (Cisa, na sigla em inglês) informou nesta terça-feira que a oferta doméstica de aço bruto crescerá de 112 milhões a 117 milhões de toneladas neste ano, ou 25 por cento, conforme a oferta excedente no maior produtor mundial do produto piora.

REUTERS

03 de novembro de 2009 | 09h24

Além do aumento da oferta de aço, o grupo disse em um comunicado que o mercado chinês absorverá 47 milhões de toneladas de aço bruto em 2009 que foram destinadas à exportação um ano antes. A associação acrescentou que não prevê uma grande mudança no declínio das exportações ou no crescimento das importações no restante do ano.

A Cisa pediu ao governo do país que tome medidas para conter o protecionismo estrangeiro e que controle o crescimento das importações de aço.

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAACOCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.